Academia Brasileira de Filosofia

     A Academia Brasileira de Filosofia foi fundada em 1989 por dezenas de filósofos dos mais atuantes na cultura brasileira, vindos de todos os Estados da Federação, mas com predominância na cidade do Rio de Janeiro por definição estatutária. É estruturada como uma instituição sem fins lucrativos ou econômicos e já conquistou os títulos de Utilidade Pública Federal, Estadual e a Lei Municipal.
     A Academia tem por objetivo estatutário a defesa, a divulgação e a preservação da memória da cultura filosófica brasileira, da memória dos seus membros, dos principais pensadores nas mais diversas áreas do pensamento, além da organização de eventos filosóficos nacionais e internacionais. São 60 cadeiras para membros efetivos e perpétuos. Integram ainda os quadros da Academia membros correspondentes em vários países do mundo, como a França, Portugal, Estados Unidos, Japão, Espanha e Itália, com grandes nomes da filosofia internacional e seus desdobramentos nas ciências naturais e humanas.
     Desde 1º de outubro de 2003 a Academia encontra-se sediada na Casa Histórica de Osório, imóvel tombado pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. De grande importância histórica e arquitetônica, este prédio, provavelmente do final do Século XVIII, antiga residência do Marechal Osório, Ministro da Guerra de D. Pedro II, Patrono da Cavalaria do Exército Brasileiro, detentor do título de Marquês de Herval e Senador do Império, abrigou anteriormente o Museu do Exército. O Marechal Osório a ganhou de D. Pedro II. É uma das mais antigas casas residenciais do Estado do Rio de Janeiro, senão a mais antiga..Preservar a Casa de Osório já é um ato de cultura e a Academia orgulha-se de zelar pela memória do Marechal Osório e do Exército Brasileiro.
     A sede da Academia dispõe de 3 salões para posses, sessões acadêmicas, cursos, congressos, conferências e eventos em geral, 7 salas administrativas, instalações para hospedar pesquisadores brasileiros e estrangeiros, e um terreno com árvores frutíferas de mais de 3.000 m². Neste terreno encontramos pequenas casas e espaço para futuras construções de casas ou prédio.
     Hoje, a Academia Brasileira de Filosofia possui em seus quadros muitos membros pertencentes a outras instituições, como vários membros e ex-presidentes da Academia Brasileira de Letras, da Academia Brasileira de Filologia, do Pen Clube do Brasil, da Academia de Ciências, da Academia Nacional de Medicina, além de pertencerem às mais importantes academias e organismos do mundo nos EUA, Europa e Japão.

     A Casa Histórica de Osório nos foi cedida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, através da Secretaria do Patrimônio da União, em péssimo estado de conservação. Destinada à sede da Academia Brasileira de Filosofia, o imóvel transformou-se em uma Casa de Cultura da Filosofia em diálogo com todas as áreas do conhecimento e da cultura artística do Brasil e do mundo.
    A Academia Brasileira de Filosofia representa um salto qualitativo no Brasil, pois passa a ser uma das únicas no mundo com sede própria, com espaço físico adequado para determinados objetivos e excelentes condições de trabalho. É motivo de honra para o município do Rio de Janeiro e para o Estado do Rio de Janeiro sediar a Academia.
     
O imóvel nos foi confiado totalmente vazio, sem qualquer mobiliário, com paredes, pisos e telhado destruídos pelo tempo. A reforma completa foi patrocinada pela Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio de Janeiro – ANOREG, através do então Presidente Léo Barros Almada, personalidade das mais importantes do Brasil. Ressalte-se o trabalho da ANOREG em favor da cultura brasileira e em favor da cidadania através do respeitável serviço dos cartórios ao povo brasileiro..